Segurança Digital | Arte por Moacir Alves

5 dicas úteis de Segurança Digital

Ouvindo o Jornal da Band, fiquei chocado com uma “Consultora de Segurança Digital” dizendo que se a pessoa clica em um link de phishing, enviado por SMS, é melhor a pessoa fazer um BO, e levar o documento na loja da operadora de telefonia para trocar o SIM Chip. Caso contrário todos os contatos, dados e documentos pessoais estarão de posse dos criminosos.

Isso é desinformação, ficção e misticismo. Há muitas variáveis nesse risco.

Quando se trata de Segurança Digital, saiba que:

1) Há quadrilhas dentro das operadoras, que trocam o número do SIM Chip mesmo sem nenhuma interação do usuário. Não é preciso clicar em um link: você percebe o golpe se ficar sem rede onde geralmente há sinal.

2) Os ataques por links falsos levam a vítima ao erro de fornecer dados pessoais e financeiros. Este é o foco. Na dúvida: não preencha formulários, cadastros, ou não compre.

Independente da vantagem: compre em sites oficiais. Fora isso? Limpe o cache do seu navegador e seja feliz.

3) 80% das vítimas de invasões e golpes digitais são consumidores de pirataria, inclusive usam extensões de navegadores falsas. Como “apps mágicos” que oferecem automação e vantagens fora de escopo de serviços pagos ou gratuitos, aquele app que mostra a senha do Wi-Fi do vizinho ou aquela extensão que bloqueia anúncios de sites de “séries grátis online “.

Portanto: não tente “ser esperto” para economizar trocados e perder até 4000% mais.

4) As pessoas têm a falsa sensação de privacidade quando usam o celular. Essa sensação de que “ninguém está olhando” cria uma postura infantil e inconsequente de que ninguém vai descobrir o que você está fazendo. Isso é ilusão: seu smartphone é uma bola de cristal por onde as maiores empresas e governos do mundo sabem quem você é e o que você faz, portanto: faça a coisa certa, e seja bonzinho online.

Estando online, você não está são e salvo, nem em dupla VPN com Onion.

5) Pressuponha que é golpe primeiro, depois você confia, após verificar duas vezes e em momentos do dia diferentes. Só abra SMS que você está esperando. Não abra e-mails de spam.

Lembre-se: NÃO EXISTE ESCASSEZ DE PRODUTOS DIGITAIS. E se te disserem o contrário, é golpe.

Por último: Um golpista trabalha duas variáveis no seu comportamento: medo de perder ou desejo de obter vantagem. Se você geralmente sai de si por ser levado ao extremo desses sentimentos, você tem um problema pra resolver com seu psicólogo, antes de se perguntar se está seguro no mundo digital.

Portanto: proteja-se de você primeiro quando se trata de Segurança Digital.

 

Quer saber mais dicas sobre o mundo dos negócios?
Então siga o WorkStars nas redes sociais LinkdIn | Instagram | Youtube | B2B para Startups

 

Sobre o Convidado

Mini bio: Hiago Kin é CEO da Decript e Presidente da Associação Brasileira de Segurança Cibernética. Incident Profiler, especializado em Inteligência Cibernética para resposta a incidentes, faz análises de perfis de alvos, vulnerabilidades e ataques hacking, ajudando pessoas e empresas a assimilarem tecnologias de Segurança Digital, blindando-as de falhas de segurança e crimes cibernéticos.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também