Ícone do site Work Stars

LiVANCE, consultorios | Negócios em Alta

Livance

Livance

Hoje temos mais uma empresa O2O que atrela tecnologia para a área de saúde a LiVANCE.

Eles são consultórios inteligentes que farão com que profissionais de saúde não se preocupem mais a gestão de onde eles atendem seus pacientes.

O que é o LiVANCE e como surgiu a ideia?

A Livance Consultórios Inteligentes é uma startup que usa tecnologia para oferecer infraestrutura como serviço para profissionais da área da saúde, disponibilizando consultórios de alto padrão.

Antes da fundação da startup, em 2017, o modelo e o projeto-piloto da plataforma rodaram durante um ano no consultório do oftalmologista Fabio Soccol, que é um dos fundadores da Livance

A ideia surgiu após os três fundadores (Claudio Mifano, Fabio Soccol, Gustavo Machado) passarem uma temporada em Stanford, e ao voltarem ao Brasil.

Entrevistaram ao longo de um ano aproximadamente 200 médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos para chegar a um modelo que preenchia todas as necessidades do profissional da saúde.

Como os sócios tinham experiências em áreas totalmente distintas, Claudio vem do mercado financeiro, Fábio é médico, e Gustavo é engenheiro com grande experiência no ramo imobiliário, ficou mais fácil de juntar as visões e construir este modelo de negócio totalmente inovador.

O mercado da área da saúde precisa de novas soluções para deixar o atendimento em consultórios mais viável quando falamos em custo.

“A nova geração já quer ter um local para usar e pagar só quando tiver algum atendimento. Temos visto também profissionais mais experientes questionando seu consultório próprio e migrando para nossa solução”, conta Mifano. “

Qual o modelo de negócios da empresa?

Estrutura e funcionamento

Para ter o seu próprio consultório na Livance, o profissional de saúde deve pagar uma mensalidade de 236 reais, que lhe dará direito a uma série de benefícios como secretária para fazer os agendamentos telefônicos e via WhatsApp.

Além disso, u site próprio personalizável com a possibilidade de fazer seus agendamentos online, acesso ilimitado aos espaços de coworking das unidades, vaga na garagem em todas as unidades, cartão de visitas, cursos e mentorias para a gestão de carreira.

No uso do consultório é que está a grande novidade da Livance:

Ao invés de alugar por período ou ter uma limitação de horário para o uso da sala como acontece em qualquer consultório compartilhado, o profissional consegue reservar uma sala em qualquer horário de funcionamento das unidades e a cobrança da sala é feito de acordo com os minutos que você tenha utilizado.

Toda a gestão de consultórios e de seus pacientes é feita por um aplicativo, que avisa o médico sobre qual sala ele irá atender, faz o controle de pagamentos e recebimentos de suas consultas entre outras coisas.

O sistema também recebe o paciente na hora da consulta através de um totem super humanizado e contabiliza os minutos de utilização da sala para efeito de cobrança.

Assim que a consulta é finalizada, uma camareira da empresa recebe um aviso em um tablet informando a liberação da sala para que ela possa higienizar e liberar o espaço para uso por outro profissional.

Por que escolheram o mercado que estão inseridos?

De acordo com a última demografia médica feita no final de 2018, o desejo de 56% dos médicos é se estabelecer na prática clínica e, por isso, montar um consultório próprio continua sendo um dos maiores sonhos desses profissionais em nosso país.

Mas, com os aluguéis cada vez mais altos, custos iniciais em arquitetura e decoração praticamente proibitivos, esse objetivo passa ser um sonho distante para muitos profissionais, principalmente os que estão com a carreira ainda em fase de consolidação.

Por esses motivos, ter um consultório não parece ser um objetivo tangível, ainda mais se considerarmos o atual cenário de crise econômica que deve afastar muitos pacientes do sistema de saúde suplementar e encolher o número de salas médicas.

A migração de profissionais de saúde para o modelo da Livance já vinha acontecendo de forma consistente, o que se acirrou com a crise provocada pela pandemia de Covid-19.

“A crise tem feito muitas pessoas repensarem seus negócios e o profissional de saúde não é exceção. A oferta da Livance é única no mercado e possibilita uma nova maneira de trabalhar no setor de saúde. Montar o consultório virou coisa do passado.

O que a Livance traz é um novo modelo de negócio, que veio para ficar”, garante Mifano.

Sobre os fundadores:

Claudio Mifano — São Paulo (SP) — é formado em Administração pela FGV e Masters of Science in Management pela Universidade de Stanford.

Foi diretor e sócio da Claritas Investimentos e atualmente também faz parte do comitê de inovação Hospital Albert Einstein e membro do conselho do aplicativo de serviços de beleza e estética SINGU.

Fabio Soccol — São Paulo (SP) — é formado em Medicina pela Faculdade de Medicina do ABC, com especialização em Oftalmologia pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia e MBA em Gestão de Serviços de Saúde pela Unifesp.

Patenteou dispositivos médicos na área de Oftalmologia e foi consultor médico na Intersystems.

Gustavo Machado —São Paulo (SP) — é formado em Engenharia Mecânica pela Unicamp e Masters of Science in Management pela Universidade de Stanford. Foi diretor de estratégia na Lopes e Viver Incorporadora.

Links Úteis:

URL: https://www.livance.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/livanceconsultorios/

Fanpage: https://www.facebook.com/livanceconsultoriosinteligentes/

*O conteúdo do Startup da Vez é publicado pelo StartupsStars sem qualquer alteração nas respostas fornecidas pelas startups participantes e de exclusiva responsabilidade dos próprios.

Beijos

Talita Lombardi

Instagram Talita Lombardi

Twitter: @talilombardi

Youtuber de Negócios

Sair da versão mobile