Ícone do site Work Stars

O que são NFTs? Como e onde comprar?

NFTs | Arte por Moacir Alves

NFTs | Arte por Moacir Alves

O Bitcoin abriu caminho para o surgimento de novos formatos de ativos digitais que atraíram muitos investidores e movimentaram bilhões de dólares. Os NFTs, sigla em inglês para ‘token não fungível’, é um deles.

Os NFTs se tornaram uma das maiores tendências do mundo dos criptoativos em 2021, com um aumento de 55% nas vendas em relação a 2020. Neste ano, entre janeiro e setembro, o volume de vendas desses tokens chegou a US$ 13,2 bilhões segundo dados do site de análises DappRadar.

Neste artigo, vamos te explicar o que são os NFTs, como e onde comprar, além de citar o que pode se tornar um token não fungível.

 

O que são NFTs?

NFT é a sigla em inglês para non-fungible token (token não fungível). Para entender melhor o que é essa tecnologia, é importante saber o que significam os termos “token” e “fungível”.

Um token, no universo das criptomoedas, é a representação digital de um ativo registrada em uma blockchain, tecnologia que nasceu com o BTC no final de 2008.

Já os bens fungíveis, são aqueles “que podem substituir-se por outros da mesma espécie, qualidade e quantidade”, de acordo com o Código Civil Brasileiro.

Exemplo: Uma nota de R$ 100 é fungível, já que é possível trocá-la por duas de R$ 50.

Um NFT, portanto, é a representação de um item exclusivo, que pode ser digital – como artes gráficas feitas no computador – ou física, como um quadro. Além de obras de artes, músicas, itens de jogos, momentos únicos no esporte e memes também podem ser transformados em um.

 

O que significa ser um “token não fungível”?

Na prática, ser um token não fungível significa ser um certificado digital de propriedade que qualquer um pode ver e confirmar a autenticidade, mas ninguém pode alterar.

A rede do Ethereum é a mais usada para o desenvolvimento dos tokens não fungíveis. Para rodar nela, os NFTs devem seguir um padrão chamado de ERC-721 (conjunto de regras de programação). Outras blockchains, no entanto, também permitem a criação de NFTs, como a Tezos, a EOS, a Solana, e a Binance Smart Chain.

Ficou com alguma dúvida? Confira aqui nosso vídeo com mais informações

 

Como comprar NFTs?

Para iniciar o processo de compra, basta se cadastrar em uma plataforma, ter fundos suficientes em criptomoedas e adquirir o NFT desejado. Cada marketplace, no entanto, tem suas próprias características, e aceita ativos digitais diferentes. Como por exemplo:

OpenSea: o marketplace é baseado na rede do Ethereum. Para comprar NFT por lá, é preciso usar Ether ou os tokens Wrapped Ether , USD Coin e Dai.

Binance: A maior corretora do mundo em valor de mercado tem um marketplace chamado Binance NFT. O processo de compra de tokens não fungíveis lá é simples. Basta fazer o cadastro e transferir moeda fiduciária, como real, dólar ou euro. Depois disso, é só trocar o dinheiro por alguma criptomoeda aceita por lá. Além de ETH, é possível usar Binance Coin e Binance USD. Vale lembrar que a exchange também permite a compra de criptos com cartões de crédito ou débito.

 

Onde comprar NFTs?

É possível comprar NFTs em marketplaces especializados na venda desses ativos digitais. Algumas das principais plataformas são as seguintes:

 

Como criar NFTs?

Assim como comprar, criar NFTs também é um processo muito simples. No caso da OpenSea, por exemplo, basta entrar na plataforma, conectar a carteira de criptomoedas e subir seu projeto. Pode ser imagem, vídeo, música ou um modelo 3D. A plataforma permite arquivos de no máximo 100 MB. Após subir o projeto, é possível também incluir nome e descrição, bem como fazer personalizações.

Como criar NFTs também envolve o uso da blockchain do Ethereum, é necessário pagar a taxa de gas). Além disso, a OpenSea cobra 2,5% de comissão quando seu NFT for vendido. As outras plataformas, como Rarible, SuperRare, Nifty Gateway e Binance NFT, têm valores semelhantes. Consulte elas para mais informações.

 

O que pode virar um NFT?

Quadros físicos e digitais, músicas, itens de jogos, memes, fotos de momentos do esporte, domínios de sites, vídeos e até posts em redes sociais podem virar tokens não fungíveis.

A NBA, liga de basquete americana, movimentou cerca de US$ 200 milhões em um fim de semana de fevereiro com negociações de NFTs na Top Shot, sua plataforma de comercialização de tokens. Nela, fãs podem comprar cards digitais de jogadas marcantes.

No início de 2021, o ex CEO do Twitter, Jack Dorsey, vendeu seu primeiro tuíte por pouco mais de US$ 2,9 milhões como NFT. A mensagem, publicada em 21 de março de 2006, diz “just setting up my twttr”.

NFTs , Jack Dorsey – Foto: Divulgação

 

 

Fonte 1 2

 

Quer saber mais dicas sobre o mundo dos negócios?
Então siga o WorkStars nas redes sociais LinkdIn | Instagram | Youtube | B2B para Startups

Texto de Karen Amanda Correia
LinkdIn | Instagram

Sair da versão mobile