Tech NewsTodos os Posts

5 Aplicativos de relacionamento: conheça os mais populares

Tinder, Happn, Bumble, Grindr e OkCupid, veja as diferenças de cada plataforma.

Opção em vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=IBc6QVFtUkU

Seja para somente conhecer pessoas novas ou encontros sem compromisso, os aplicativos de relacionamento surgiram para facilitar a maneira como nos relacionamos. A princípio, disponíveis tanto para Android quanto para iOS, os apps gratuitos também possuem assinaturas pagas com ferramentas exclusivas e livre de anúncios.

De acordo com um estudo realizado pela AppsFlyer, plataforma de análise e atribuição de marketing móvel, a receita dos aplicativos de relacionamento cresceu 406% desde 2020. Nós separamos os 5 apps mais populares do país para você descobrir suas particularidades e diferenças, confira:

5 aplicativos de relacionamento

Tinder

Aplicativos de relacionamento | Divulgação/Tinder
Aplicativos de relacionamento | Divulgação/Tinder

Sendo um dos pioneiros e um dos mais populares entre os aplicativos de relacionamento, o Tinder está presente no mundo inteiro. O app revolucionou com sua tecnologia “match” que conecta pessoas a partir do interesse mútuo, ostentando cerca de 1,6 bilhão de “matches” por dia. A plataforma é geralmente usada para encontros casuais, mas é possível encontrar perfis que procuram somente a terceira para o relacionamento ou até mesmo algo mais serio.

Segundo dados do site de consultoria mobile Apptopia, o Tinder foi dentre os aplicativos de relacionamento o mais baixado no mundo no primeiro semestre de 2021. Possuindo um cadastramento fácil, nele é possível criar um perfil com fotos, descrição, interesses e orientação sexual. Após isso, o app irá buscar pessoas que estão perto de você, além de ser possível definir o local e distância máxima de busca.

Selecionando os perfis desejados arrastando pela direita, a plataforma é gratuita para uso geral, contudo existem três atualizações pagas: Tinder Plus, Tinder Gold e Tinder Platinum. O Tinder Plus custa R$ 18,99 mensal e permite ter o perfil em destaque, além de voltar em um perfil que não curtiu. Já no Tinder Gold, custa R$ 29,99 e dá ao usuário acesso a quais pessoas curtiram seu perfil. Por fim, no plano Platinum você possui a possibilidade de enviar mensagens até mesmo antes de dar match, mas para isso, terá que embolsar R$ 64,99 ao mês. 

Happn

Aplicativos de relacionamento | Divulgação/Hapnn
Aplicativos de relacionamento | Divulgação/Hapnn

Já imaginou cruzar com alguém na rua e automaticamente achar ela dentro de um aplicativo de relacionamento? Essa é a proposta do Happn. Conectando pessoas com a ajuda do GPS do celular, para aparecer na sua timeline a pessoa precisa ter cruzado com você. Dessa forma, o app consegue fazer um mapeamento de todos os lugares que você andou, mostrando os demais usuários que também possuem a plataforma. 

Assim como no Tinder, no Happn você só poderá enviar mensagem caso o interesse seja mútuo. As funções básicas são gratuitas. Você pode cruzar o caminho de outros usuários, dar Like, ter Crushs, conversar e acionar o modo Invisível. Porém, se você quiser ter acesso a outras funções terá que assinar o pacote Happn Premium. Nele, você não terá interrupções de publicidade e poderá receber até 10 Flash Notes por dia (notificações de pessoas que ainda não são crush, mas que te interessam), o valor da assinatura é de R$ 79,90 mensais.

Bumble

Aplicativos de relacionamento | Divulgação/Bumble
Aplicativos de relacionamento | Divulgação/Bumble

Seguindo nossa lista, temos o Bumble! Dentre os aplicativos de relacionamento ele possui um diferencial significativo, pois nele as mulheres possuem o poder de querer conversar ou não. Ou seja, elas precisam dar o primeiro passo na conversa, caso contrário, se não houver mensagens entre 24 horas após a conexão, a conversa desaparece. Em caso de casais LGBTQIA+, qualquer um dos lados pode iniciar a conversa. Além disso, a plataforma também traz opções para quem procura apenas novas amizades ou até mesmo somente melhorar a sua rede de network.

Além da versão gratuita, o Bumble oferece a versão premium que libera curtidas ilimitadas, ver quem curtiu seu perfil, entre outros benefícios. O custo do serviço é pago em dólar, US$ 8,99 (equivalente a cerca de R$ 50) por semana.

Grindr

Aplicativos de relacionamento | Divulgação/Grindr
Aplicativos de relacionamento | Divulgação/Grindr

Sendo dedicado às comunidades gay, bi, trans e queer, o Grindr conta com mais de 3,8 milhões de usuários diários no mundo. Ao contrário do Tinder que você passa para a direita ou esquerda em busca de um match, no Grindr você encontra os perfis das pessoas que estão próximas da sua localização. Além disso, outro ponto diferente dos demais aplicativos de relacionamento é que no Grindr você não precisa que de um “like” mútuo, você já pode iniciar uma conversa com a pessoa na tela inicial.  

O aplicativo é gratuito, porém o usuário pode aderir aos planos pagos que liberam vantagens exclusivas, como a ausência de anúncios, por exemplo. Dessa forma, a versão premium custa a partir de US$ 24,99. 

OkCupid

Aplicativos de relacionamento | Divulgação/OkCupid
Aplicativos de relacionamento | Divulgação/OkCupid

Por fim, fechando nossa lista temos o OkCupid. Esse aplicativo é diferente de todos quando o assunto é conectar pessoas, pois a conexão acontece a partir da compatibilidade da sua personalidade com as demais. A princípio, ao iniciar o seu perfil o usuário precisa responder a um questionário com 15 perguntas, e a partir das suas respostas o aplicativo te conecta com pessoas compatíveis com você. Além disso, ao mostrar as conexões, o app também dá um percentual do quanto as duas pessoas combinam ou não.

Na versão gratuita do app você consegue saber quantas pessoas deram like, mas sem conseguir identificá-las. Já nos planos pagos você consegue ter essa informação, além do bloqueio de anúncios durante o uso e a ativação de que suas mensagens foram lidas, por exemplo. Os valores variam de R$ 61,65 a R$ 124,90 ao mês.

Curtiu descobrir mais sobre os aplicativos de relacionamento?

Quer saber sobre o mundo dos negócios?
Então siga o WorkStars nas redes sociais LinkdIn | Instagram | Youtube | B2B para Startups

Texto de Juliana Santana
LinkdIn | Instagram | Gramofone Ativo

Juliana Santana

Jornalista e fundadora do portal Gramofone Ativo

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *