linkedin

Currículo, LinkedIn e portfólio: qual é o melhor?

Currículo, LinkedIn e portfólio: quem está no mercado de trabalho tem diversas opções em mãos. O objetivo é sempre mostrar seu histórico de trabalho da melhor forma possível, mas muita gente acaba se perdendo no meio de tantas opções.

Antes de mais nada, vamos entender o objetivo de cada um dessas ferramentas?

Currículo (curriculum ou simplesmente “CV”)

DICA: adicione o link do seu LinkedIn ao seu currículo!

O currículo é a estratégia mais tradicional na hora de procurar emprego. Antigamente o currículo era impresso e entregue pessoalmente. Hoje em dia a impressão do CV está se tornando obsoleta e o envio é feito geralmente por e-mail.

Seu currículo vai trazer em pouquíssimas palavras o resumo sobre você. Ele está focado principalmente no histórico simplificado de empresas que você já trabalhou e suas informações de contato. O currículo não pode ser longo, portanto muitas vezes as informações podem ficar bastante superficiais.

Resumidamente, o CV tem como objetivo ser um resumo que chame a atenção dos recrutadores.

LEIA MAIS: Como destacar seu currículo em 7 passos

LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social focada no mercado de trabalho. Lá você pode criar um perfil mostrando seu histórico profissional, mencionando as empresas e funções. Ou seja, você pode se alongar um pouco mais, explicar suas atribuições e dar mais detalhes. Inclua todas as informações sobre seu histórico profissional (incluindo voluntariados, cursos, projetos, etc).

Além disso, o diferencial do LinkedIn é o networking. Por ser uma rede social, você pode criar conteúdos, postar fotos, comentar nos posts dos colegas e ter muita interação. Possíveis recrutadores podem chegar até seu perfil diretamente pelo tipo de conteúdo que você posta ou de acordo com seu histórico profissional.

LEIA MAIS: 5 dicas para se dar bem no LinkedIn

Portfólio

O portfólio é um termo utilizado para um compilado de trabalhos que você já fez. Ou seja, ele trará o histórico de experiências e vai mostrar suas habilidades e competências.

É dessa forma que você vai conseguir valorizar seus trabalhos anteriores e trazer uma visualização concreta das suas experiências anteriores. Em resumo, ele vai fazer com que recrutadores possam ter a visão do seu trabalho.

LEIA MAIS: O que é Portfólio? Conheça os principais tipos

Afinal: qual o melhor?

A resposta final é: Não existe “o melhor”. Currículo, Linkedin e Portfólio são complementares. O CV tem a intenção de ser um resumo e deixar o recrutador interessado. Ele muitas vezes vai abrir novas portas.

Já o LinkedIn serve como um perfil online e mais bem detalhado. Você não precisa correr com nada e pode trazer engajamento. Interaja, mostre interesse e tenha uma rede de network poderosa.

Por fim, o portfólio é o apoio que vem para auxiliar o que falta tanto no LinkedIn quanto no currículo. Apenas no portfólio você pode expor seus trabalhos propriamente dito, mostrando seus talentos e habilidades.

Bônus: Dica de ouro

A grande sacada é você utilizar Currículo, Linkedin e Portfólio em conjunto! Eles não são independentes. Portanto:

  • adicione o link do seu LinkedIn e Portfólio no seu currículo
  • adicione o PFD do seu currículo e o link do seu portfólio no seu LinkedIn
  • crie um histórico profissional no seu portfólio, adicione o PDF do seu currículo e o link do seu LinkedIn

Você não sabe qual dessas opções vai chegar primeiro nas mãos de um recrutador. Faça as três opções se conversarem de modo que uma leve a outra. O recrutador não tem que ficar “procurando” seu contato, histórico ou exemplos de trabalhos. Deixe tudo isso muito fácil de ser encontrado.

Agora é só esperar as entrevistas de emprego!

Quer saber mais dicas sobre o mundo dos negócios?
Então siga o WorkStars no Instagram!

Texto de Gabriela Leão
Perfil  | Instagram | Saiba Mais

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

O que é permuta?

Permuta é o ato de troca de um bem por outro, sem a necessidade de