Smart speaker

Smart Speaker: entenda as principais funções do sistema

Assistentes virtuais, vide aparelhos da Amazon, Google e Apple vem sendo cada vez mais comuns no dia a dia das pessoas. Os aparelhos vem tomando conta do mercado e atingindo cada vez mais gente quanto a organização da rotina. Mas pouco se fala sobre um outro aparelho fundamental para fazer assistentes virtuais serem tão especiais assim: o smart speaker

Por meio de uma tradução literal, o sistema é um “falador inteligente”. O que torna ele um aparelho que serve para o comando de voz humano ser compreendido. 

Ultimamente, cada um desses aparelhos vem sendo lançado com compatibilidade ao sistema, e já em português. Assim, uma vez que o usuário chame a atenção da assistente, já é possível realizar o comando, diretamente pela voz.  “Há sempre uma mudança tectônica na tecnologia. E nós achamos que a voz é uma dela dela”, contou Nicholas Fox, vice-presidente do Google na área de busca e assistente em entrevista à revista Fortune

E muito desse desenvolvimento e evolução para o smart speaker se deve pela internet das coisas. Atualmente, ela se demonstra como um grande modelo de negócio recheado de benefícios da informação integrada com produtos industriais e objetos de uso diário. Tudo isso, de maneira viável para deixar tudo novo e dinâmico

Graças a essa evolução, os sons também caminham junto com essa evolução. Isso porque as vozes passam a ser gravadas e enviadas aos servidores de cálculo. Com o tempo, os comandos podem ser cada vez mais detalhados e personalizados. 

Smart speaker é a voz de milhões 

Por justamente ter a capacidade de personalização, o smart speaker chama muita atenção das pessoas, mas também do mercado. Ainda mais com o número de aparelhos compatíveis crescendo com a demanda. E um desses crescimentos se reflete muito bem na Amazon. 

De acordo com uma pesquisa da Strategy Analytics, os modelos de smart speaker representam 63% do mercado. Muito por conta da qualidade da tecnologia e o valor. Esse ponto é importante porque, por mais que a Apple tenha lançado a Siri em 2011 – três anos antes da Alexa – o HomePod só registrou 4% no mercado norte-americano em 2018. Isso porque o valor era muito superior ao dos concorrentes – US$ 349 da Apple e média de US$ 99 da Amazon e Google. 

Por isso, hoje no mercado, a Amazon lidera com tranquilidade. Por sua vez, o Google vem correndo atrás do prejuízo nos últimos anos. Apesar da complexidade. 

Isso porque, segundo a pesquisa da Canalys, dos 19,7 milhões de smart speaker vendidos em 2018, 31,9% (6,3 milhões) foram fabricados pela Amazon. Com esses valores, o mercado de smart speaker já movimentou US$ 4,5 bilhões em 2017. E para 2024, é previsto que esse valor suba para US$ 30 bilhões

FONTES
1 2

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também