Na última semana participamos do Score Summit 2021, o evento aconteceu entre os dias 24 e 25 de agosto e foi organizado pelo pessoal da proScore.

O principal objetivo da empresa foi “Promover uma discussão profunda, que mostre o potencial desse mercado e do Score como importante ferramenta de negócios para diversos setores”, segundo Mellissa Penteado, sócia-fundadora e CEO do grupo proScore e do Bancoin.

Tudo isso a partir dos mais importantes nomes do ecossistema de Score do Brasil e do mundo, como especialistas de órgãos reguladores, empresários, executivos.

Incluindo nossa fundadora Talita Lombardi, que foi moderadora do painel “Parece mágica mas é tecnologia: Como contornar a infoxicação e usar a inteligência de dados e Scores para geração de negócios e resultados?”. Por isso, passei aqui para contar tudo sobre esse bate papo que envolve negócios, comunicação e marketing.

Como contornar a infoxicação e usar a inteligência de dados e Scores para geração de negócios e resultados?

 

Score Summit 2021 - Divulgação
Score Summit 2021 – Divulgação

O painel aconteceu no segundo dia do evento, um dia que foi pautado em inovação, experiência multisetorial e interface com a sociedade. A conversa teve como foco o quanto o mercado de Marketing, Infoprodutos, GeoMarketing e modelagem de dados fomentam a expansão de negócios, campanhas assertivas, geração e conversão de leads de forma efetiva.

O Score Summit selecionou especialistas em geomarketing, infoprodutos e dados para participar, são eles:

  • Moderadora: Talita Lombardi – sócia-fundadora e apresentadora da WorkStars;
  • Gustavo Furtado – CEO da Economapas;
  • Leandro Bortolassi – sócio-fundador da Eight Data Intelligence;
  • Danuza Mattiazzi –  jornalista especializada em conteúdos data-driven.

Barreiras dos dados

Os convidados Gustavo Furtado e Leandro Bortolassi concordaram que a educação para o uso de dados é a principal barreiras das empresas. A Danuza Mattiazzi pontuou que também é preciso tomar cuidado com a personalização dos nichos, para que os dados possam ser mais assertivos e qualificados.

Mas como? Com uma equipe heterogênea e alinhada com suas metas, automações que utilizem padrões corretos, subjetividade e cuidado com seus conteúdos. Segundo Bortolassi também é necessário,”Saber como usar os dados é importante para entender sua influência nas diversas áreas do seu negócio”.

Sua empresa já trabalha com análise de dados? Você está pronto para isso dentre as normas da LGPG?

Link do Score Summit 2021 : https://scoresummit.com.br/

Score Summit: conclusão do painel

Foi citado no painel três vezes que “os dados são o novo petróleo”,  mas como também foi dito, não serve de nada ter dados sem saber usá-los. Isso engloba a educação necessária para o tratamento de dados e sua subjetividade com seus nichos.

Gerar conteúdos exige relevância e personalização para que seja assertivo,  é preciso focar a energia certa para esses dados e assim complementou a Danuza no painel “Se os dados são o novo petróleo, cuide deles”.

Almoço pós evento no Bar do Cofre Subastor

 

Score Summit 2021 - Divulgação
Score Summit 2021 – Divulgação

Na foto: Danuza Mattiazzi (jornalista especializada em conteúdos data-driven), Ronnei Xavier (Neurotech), Melissa Penteado (proScore), Karen Correia (WorkStars) e Talita Lombardi (WorkStars).

 

Quer saber mais dicas sobre o mundo dos negócios?
Então siga o WorkStars nas redes sociais LinkdIn | Instagram | Youtube | B2B para Startups

Texto de Karen Amanda Correia
LinkdIn | Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.