6 funções escondidas do LinkedIn

O LinkedIn está com constante crescimento. A rede social tem mais de 660 milhões de usuários no mundo todo. Já no Brasil os números passam de 40 milhões de usuários ativos em 2020.

Recentemente o perfil do LinkedIn deu algumas dicas “escondidas” da própria plataforma. Se você quer dar um upgrade no seu perfil e se destacar na rede social, precisa saber esses hacks!

Modo anônimo no LinkedIn

Se você não quer que as pessoas vejam que você estava olhando algum perfil, é só utilizar o modo anônimo no LinkedIn! Logo depois, seu nome não aparecerá como “stalker”.

Crie um alerta de vaga

Se você está no LinkedIn, provavelmente está em busca de oportunidades de trabalho. Portanto criar um alerta de vagas pode ser uma ótima ajuda! Vem ver como é fácil!

Se inspire com o Tópicos para Stories

Quer criar um conteúdo relevante? Então é só usar o Tópicos para Stories. Ou seja, utilize os trends e converse sobre o que as pessoas querem saber!

Baixe um perfil em PDF

Quer ter um arquivo offline de um perfil do Linkedin? É bem simples. Em quatro passos você pode ter o seu perfil em arquivo PDF. De maneira idêntica, você pode baixar o perfil de outras pessoas!

Use stories no LinkedIn

Se você quer compartilhar algum momento profissional do dia a dia, utilize os stories! Acima de tudo, a maioria das pessoas nunca utilizou esse recurso. Então é hora de inovar!

LEIA MAIS: 5 dicas para se dar bem no LinkedIn

Utilize enquetes para engajar mais

Quer engajar com seus amigos, certo? Portanto faça posts e incentive que as pessoas interajam com seu conteúdo. Ou seja, uma ótima opção é investir nas enquetes!

Por fim, aqui vão mais duas dicas:

Além disso, acrescentar sua localização no perfil aumenta em 23 vezes a probabilidade de ser encontrado na rede!
Assim como, uma foto bem tirada aumenta em até 21 vezes a chance de ter seu perfil visualizado no LinkedIn?

Quer saber mais dicas sobre o mundo dos negócios?
Então siga o WorkStars no Instagram!

Texto de Gabriela Leão
LinkdIn | Instagram | Saiba Mais

Fonte 1

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também