Linktree | Arte por Moacir Alves

Alternativas ao Linktree: conheça plataformas com a mesma funcionalidade

Se você alguma vez buscou plataformas para otimizar links em um só lugar, certamente você chegou no Linktree. Popularizada no Instagram, a plataforma se tornou uma das ferramentas mais utilizadas por usuários da internet ao reunir endereços da web em um só lugar. Contudo, não é a única que oferece essa funcionalidade no mercado, vamos conhecer outras opções?

Linktree

 

Linktree logo - Reprodução
Linktree logo – Reprodução

 

O Linktree foi um serviço pioneiro no mercado de agregadores de links. Também conhecido como social-linking é o responsável por popularizar o termo “árvore de links” que basicamente gera uma espécie de mini página personalizável ao usuário. Recentemente, a plataforma australiana anunciou o lançamento do seu marketplace global que incorpora links de parceiros.

Os usuários podem acessar o marketplace no menu ‘Explore’ da plataforma ou no site do Linktree. O marketplace é o primeiro passo da empresa na abertura de sua plataforma para desenvolvedores. No marketplace, os usuários, além de assistir, ouvir e comprar conteúdos de parceiros, vão poder acompanhar métricas como visualizações, doações, reservas e compras. Com parceiros em categorias como varejo, redes sociais, jogos, música e finanças, o lançamento do marketplace também vem com a adição de quatro novos parceiros do Linktree: Cameo, Gleam, Typeform e Reddit.

O Linktree é um serviço gratuito por tempo limitado. A criação de conta não possui custos e é possível usar a ferramenta por 14 dias sem pagamentos, mas a partir desse período é necessário assinar o serviço. São dois planos: Expert, que é anual, e Pro, com cobranças mensais. Porém, vale lembrar que sua interface não é traduzida, os recursos gratuitos são limitados e o valor dos planos pagos é baseado em dólar.

LEIA MAIS: Tesla Phone Pi: o futuro dos smartphones chega em 2022

 

Conheça alternativas ao Linktree: 

 

Bagy.bio

 

Bagy.bio - Reprodução
Bagy.bio – Reprodução

 

O Bagy.bio é um gerador de links e totalmente gratuito. A plataforma permite inserir catálogos de produtos, mosaico de fotos e até vídeos. Tudo isso sem limitação de links, cliques, funcionalidades, páginas ou temas. 

Um diferencial do  Bagy.bio em relação ao Linktree é que ele permite organizar todo o seu conteúdo em páginas. É como ter um perfil com várias seções diferentes para você mostrar tudo o que o seu negócio tem a oferecer.

Além disso, você pode integrar a plataforma aos principais serviços de monitoramento e publicidade do mercado, como Google Analytics, Google Ads e Facebook Ads. Dessa forma, você pode medir facilmente os resultados gerados por seus links.E pra quem quem tem o domínio do inglês, pode ficar tranquilo que no Bagy.bio é tudo em português.

 

Lnk.Bio

 

Lnk.Bio - Reprodução
Lnk.Bio – Reprodução

 

O Lnk.Bio é a alternativa semelhante ao Linktree, possui uma interface em inglês, entrega uma página de destino, com links ilimitados no plano gratuito, ícones das redes sociais e outros botões de “Call To Action” (CTA) para contato, loja, entre outros. Além disso, traz algumas opções de customização diferenciadas. 

Porém, parte das opções é paga e, como é uma ferramenta estrangeira, os pagamentos são baseados em dólar. Seu diferencial está no plano mínimo de US$0,99 oferecido pela plataforma, que permite criar uma URL personalizada para seu link.

 

Linkkle

 

Linkkle - Reprodução
Linkkle – Reprodução

 

O Linkkle é mais um agregador de links estrangeiro, contudo, muito simples de usar. A plataforma é bem simples em termos de layout, algo que agrada mais os usuários que prezam por soluções “direto ao ponto”.

Ele oferece um relatório sobre os cliques feitos nos links configurados por ele. Mesmo que seja gratuito, o app não insere sua marca d’água nas páginas que criar por ele. Na versão gratuita acontece a exibição de anúncios que para serem removidos você precisa efetuar um pagamento único de $5 dólares.

 

Linkme.bio

 

Linkme.bio logo - Reprodução
Linkme.bio logo – Reprodução

 

O Linkme.bio é uma outra versão brasileira bem semelhante ao Linktree, porém sem o afastamento do idioma. A versão gratuita é bem limitada e para customizar suas páginas ou integrá-las a serviços de monitoramento, por exemplo, é preciso aderir a um dos planos pagos. O bom é que, por ser uma opção brasileira, os pagamentos são disponibilizados na nossa moeda. 

 

Tap.link

 

Tap.link - Reprodução
Tap.link – Reprodução

 

Por fim, temos o Tap.link. A plataforma é completa e traz aquela mesma ideia de diversas páginas como um “mini-site”. A versão gratuita oferece templates diversos, com formulários, modelos de orçamento, além de permitir customizá-los adicionando blocos de texto, perguntas e respostas, e muito mais.

Contudo, algumas funcionalidades são exclusivas dos planos pagos, como a quantidade de cliques em cada link, realização de compras pela página e a maioria dos gadgets de sincronização com Analytics e notificações. O plano Pro custa R$ 9.50 ao mês e o plano Business, direcionado a empresas e negócios custa R$ 22.50 ao mês.

 

Quer saber sobre o mundo dos negócios?
Então siga o WorkStars nas redes sociais LinkdIn | Instagram | Youtube | B2B para Startups

Compartilhe

Uma resposta

  1. I’m amazed, I must say. Rarely do I come across a blog that’s both educative and entertaining,
    and without a doubt, you have hit the nail on the head.

    The issue is something not enough people are speaking intelligently about.

    I am very happy that I found this in my search for something regarding this.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também