Aplicativos fitness | Arte por Moacir Alves

Aplicativos fitness: conheça opções para ajudar a saúde

Estar com o corpo em forma, mas principalmente, cuidar da saúde é uma das grandes metas de vida de muitas pessoas. Se você já pagou a academia várias vezes e não fez o uso dela, esse texto é para você. A princípio, o período de pandemia fez com que nossas vidas fossem reorganizadas para o modo quarentena. Dessa forma, ir a academia se tornou inviável e os aplicativos fitness foram de grande ajuda.

De acordo com dados da Adjust, plataforma de analytics mobile utilizada por profissionais de marketing do mundo inteiro, as instalações de aplicativos fitness aumentaram 67% em março de 2020, seguido por um aumento nas sessões de 48% em maio. Já segundo o relatório State of Mobile 2021 da App Annie estimou que em 2020 mais de 71.000 aplicativos de saúde e fitness foram lançados globalmente (24.000 na Apple App Store e 47.000 na Google Play Store).

Em 2021, as instalações caíram 24% em comparação com o primeiro semestre de 2020. As sessões, no entanto, aumentaram 31% ano a ano, indicando que, embora as academias estejam atraindo o retorno das pessoas, os usuários também estão aderindo aos aplicativos, com uma parte da população preferindo os exercícios em casa. Vamos conhecer alguns para você começar a se movimentar?

 

Aplicativos fitness: conheça opções para ajudar a saúde | Crédito: Dane Wetton
Aplicativos fitness: conheça opções para ajudar a saúde | Crédito: Dane Wetton

 

LEIA MAIS: Tesla Phone Pi: o futuro dos smartphones chega em 2022

 

Conheça aplicativos fitness:

Sweatcoin

 

Sweatcoin | Imagens Google Play
Sweatcoin | Imagens Google Play

 

O Sweatcoin foi o app mais baixado no Brasil no início do mês de maio, pois é um aplicativo que paga os usuários para caminhar ou correr. Possuindo o objetivo de incentivar a atividade física, esse aplicativo fitness oferece 1 Sweatcoin a cada mil passos. Porém, não é possível sacar dinheiro de verdade do aplicativo, ele só pode ser convertido em compras dentro da própria plataforma.

O sucesso do aplicativo foi tão grande que no início do mês a empresa anunciou em seu perfil do twitter que atingiu a marca de 1.26 milhão de usuários, um recorde para a plataforma. Além disso, o app também dá sweatcoins de outras formas: ao convidar amigos para ingressarem na plataforma, assistir anúncios ou participar de desafios. Também é possível obter moedas ao assinar o plano premium, que oferece o dobro de recompensas em relação à versão grátis.

Disponível para Android e iOS.

 

Nike Training Club

 

Nike Training Club | Divulgação
Nike Training Club | Divulgação

 

Um dos principais aplicativos fitness é o Nike Training Club. Atuando como se fosse seu personal trainer, possui mais de 160 treinos grátis, que vão desde força e cardio até sessões de yoga e mobilidade. Disponível para ambos os sistemas, Android e iOS, os treinos variam de 15 a 45 minutos e são separados por níveis: iniciante, intermediário e avançado.

Além disso, o aplicativo possui dicas de treino, nutrição e bem-estar desenvolvidos por treinadores. A plataforma ainda permite que você compartilhe seus treinos e suas conquistas nas redes sociais.

 

MyFitnessPal

 

MyFitnessPal | Divulgação
MyFitnessPal | Divulgação

 

O MyFitnessPal, ou Contador de Calorias, na versão em português, está disponível na App Store e na Google Play. Funcionando como um diário alimentar digital, o app possui mais de 6 milhões de alimentos registrados em sua base de dados e disponibiliza uma calculadora personalizada de acordo com meta, peso, idade e sexo.

Você pode cadastrar os alimentos que foram consumidos durante o café da manhã, almoço e jantar. Além disso, pode traçar quantas calorias quer perder por exercício. A plataforma ainda monitora gorduras, proteínas, carboidratos, açúcar e outros contidos nos alimentos ingeridos.

Com a maior parte das suas funcionalidades disponíveis gratuitamente, o MyFitnessPal também conta com uma versão premium. A modalidade custa US$ 9,99 mensais (cerca de R$ 37,44, em conversão direta) ou US$ 49,99 anuais (aproximadamente R$187,36), mas pode ser testada de graça durante 30 dias.

 

Running

 

Running | Divulgação
Running | Divulgação

 

O Running é o aplicativo fitness da Adidas, pensado para quem deseja correr, caminhar ou pedalar. Ele registra os treinos em tempo real por meio do GPS, além das calorias perdidas. Como praticar esportes e prestar atenção ao celular é difícil, o app se integra ao Apple Music, o que ajuda muito na hora de colocar a playlist inspiradora.

Além disso, o aplicativo disponibiliza ferramentas para acompanhar todo o seu progresso nas atividades físicas, com registro de exercícios e controle em tempo real da sua corrida. É possível, também, registrar os tênis usados e configurar o app para corridas, ciclismo e trilhas.

Por fim, está disponível para Android e iOS, pode ser testado gratuitamente por sete dias. Após esse período você precisa assinar, a assinatura mensal custa US$9,99 e a assinatura anual custa US$ 49,99 (o preço pode variar conforme o seu local).

 

Curtiu descobrir mais sobre os aplicativos fitness?

 

Quer saber mais dicas sobre o mundo dos negócios?

Então siga o WorkStars nas redes sociais LinkedIn | Instagram | Youtube | B2B para Startups

 

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também