Terrenos no Metaverso

Terrenos no Metaverso com valores da Lua?

Terrenos no Metaverso : Segundo matéria deste mês do jornalista Robert Frank da CNBC dos Estados Unidos, o mercado imobiliário do Metaverso anda super em alta

Terrenos no Metaverso: Os quatro maiores Metaversos que estão comercializando terrenos são: Sandbox, Decentraland, Cryptovoxels e Somnium. Só estes quatros comercializaram mais de R$ 2,7 Bilhões em terrenos no ano de 2021 (dados da MetaMetric Solutions).  

Sim, você leu corretamente… Algo como uma média de R$ 225 milhões de Reais por mês vendendo terrenos virtuais.

E fique tranquilo… A estimativa para 2022 é que este número dobre, chegando a um valor próximo a R$ 5,5 Bilhões em receitas. (Só em Janeiro de 2022 o número consolidado das vendas de terrenos destes Metaversos bateu um pouco mais de R$ 470 milhões!)

Patcha Crazy! 

Terrenos no Metaverso

Um relatório da BrandEssence Market Research afirma que o mercado imobiliário do Metaverso deverá crescer a uma taxa anual acima de 30% ao ano, de 2022 a 2028.

Agora vamos a mais números malucos… Em Novembro de 2021 a empresa Republic Realm, especializada em consultoria e investidora imobiliária do Metaverso, comprou uma área no Sandbox pagando o valor de R$ 23 milhões!

“Existem grandes riscos, mas potencialmente grandes recompensas”, disse Janine Yorio, CEO da Republic Realm.

Terreno no Metaverso Sandbox
Terreno no Metaverso Sandbox

E o que ela fez com esta área? Ela fatiou e montou cem ilhas, que foram batizadas de Fantasy Islands. No primeiro dia que ela colocou estes imóveis à venda, noventa ilhas foram vendidas ao preço de R$ 82.500,00 cada.

E agora ela vai explorar um comércio interno nestas ilhas, vendendo barcos, jet skis e outros penduricalhos!

Terrenos no Metaverso: Gosta de especulação imobiliária? 

Já há compradores destas ilhas que as recolocaram no mercado… Agora com o valor de venda a R$ 550 mil! Para os investidores, a grande questão é como atribuir valor e risco a um ativo cuja escassez é artificial!

E cujo futuro nada sabemos…

Para você que está animado com estas compras, prepare-se

Hoje temos mais de 90 mil lotes à venda na Decentraland, todos com o tamanho de 16m², e custam R$ 80 mil cada um.

R$ 5.000,00 o metro quadrado! 

Terreno no Metaverso: Decentraland
Terreno no Metaverso: Decentraland

Patcha loucura, Terrenos no Metaverso:

A empresa Tokens.com, com sede em Toronto no Canadá, levantou recentemente um fundo de R$ 88 milhões para investir em imóveis no Metaverso. 

E Andrew Kiguel, CEO da empresa, já foi às compras! Gastou recentemente R$ 13 milhões em terrenos no distrito de moda da Decentraland, onde a empresa planeja sediar eventos de moda e lojas de varejo.

Kiguel disse que está prestes a anunciar acordos com duas marcas de vestuário norte-americanas onde está alugando espaço em sua propriedade para desenvolver vitrines ou experiências.

Ele quer realizar uma exploração comercial destes terrenos no Metaverso – alugar espaço e realizar eventos para empresas que desejam anunciar para um público digital mais jovem.

A Tokens.com ainda comprou 12 propriedades à beira-mar em Somnium que acredita que aumentarão de valor por causa de sua escassez e apelo visual.

O CEO da Tokens afirma que embora os investidores mais velhos possam zombar destes terrenos do Metaverso, os consumidores e investidores mais jovens são instantaneamente capazes de ver o apelo.

“O problema que muitas pessoas têm é que há gerações eles têm dificuldade em atribuir valor a coisas que são digitais, que você não pode segurar e que não têm peso”, disse Andrew Kiguel. “A geração mais jovem não tem problema com isso. Assim como os NFTs, a tecnologia blockchain permite que algo seja digital, insubstituível e escasso. Você pode segurá-lo, armazená-lo, exibi-lo e vendê-lo.”

Do outro lado…

Um professor de mídia da Universidade de Indiana, Edward Castronova, afirma que:

“As vendas de terras do metaverso são geralmente um esquema de pirâmide e existem há mais de 20 anos.”

“O Metaverso é o El Dorado para startups de internet. Eles o perseguem na selva e morrem.”

E aí?

Você acredita mais no Kiguel ou no Castronova?

?

Fontes 1 2 3

 

Quer saber sobre o mundo dos negócios?
Então siga o WorkStars nas redes sociais LinkdIn | Instagram | Youtube | B2B para Startups

 

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também