O que é Marketing Humanizado?

O marketing humanizado chegou como uma resposta a uma tendência por parte dos consumidores. Assim como o nome já diz, esse tipo de marketing visa humanizar as marcas. Mas por que isso é importante? Vem com a gente entender mais sobre esse universo!

Antes de mais nada, vale entender o início desse tipo de marketing. Hoje em dia os consumidores não querem apenas comprar ou consumir determinado serviço. Graças à internet, o relacionamento entre marcas e clientes está cada vez mais próximo. Portanto devido à procura por um contato mais próximo fez com que as marcas se tornassem cada vez mais “humanas”.

Esse relacionamento é bom para todos os lados. Para os clientes é bom por poder contar com uma marca que entende seus problemas e tenta resolver todo o processo de vendas da melhor forma possível. Por outro lado, a empresa também sai ganhando por estreitar o relacionamento e criar uma fidelização de marca.

Uma vez fidelizado, o cliente fica mais suscetível a ser um “fã” da sua empresa. O grande pró dessa questão é que muitas vezes o cliente poderá ajudar na divulgação boca a boca da sua marca. Além disso, também terá a tendência de consumir mais produtos e lançamentos. Isso esse marketing humanizado faz com que o consumidor goste de comprar com determinada loja.

Dados mostram que essa estratégia é capaz de:

  • aumentar as conversões em até 3,5 vezes
  • otimizar a taxa de cliques em até 30%
Marketing Humanizado | Fonte: Giphy

 

Por que utilizar marketing humanizado na sua marca?

O atendimento é um fator decisivo para otimizar o marketing humanizado da sua marca. Você precisa ser empático e ético com a sua comunicação. Dados mostram como conversar com pessoas é importante para os consumidores:

  • 70% dos consumidores desejam uma interação humana ao invés de robótica.
  • 89% dos consumidores levam em consideração a experiência no momento de escolher uma empresa.
  • Dentre eles, 48% afirmam que a razão dessa preferência se dá por robôs ou atendimento automáticos não conseguirem entender e ajudar de fato em suas dificuldades.

Além disso, o atendimento precisa ser personalizado. Isso significa que o cliente não quer ser tratado como apenas “mais um”. Esse é um fator importante e pode ser um diferencial diante da concorrência.

  • 61% dos clientes afirmam que receber um atendimento personalizado, seja por e-mail, chat ou mídias sociais é importante para eles.

Esse tipo de ação não precisa ser complicada. Nas redes sociais, por exemplo, você pode conversar com seu cliente chamando-o pelo nome. Por e-mail você pode sugerir produtos com base nas compras anteriores. Ofereça sempre o serviço menos genérico possível!

 

A maioria dos consumidores não gostam de atendimento robotizado | Fonte: Giphy

 

LEIA MAIS: O que é o empreendedorismo social?
LEIA MAIS: Consultoria de Inbound Marketing: qual sua importância?

 

Outras dicas

Inicialmente uma dica para adicionar o marketing humanizado é trazer casos isolados com destaque. Mas como assim? Você pode dar um tratamento especial para alguns clientes e transformá-los em case. Por exemplo, o Nubank coleciona cases desse tipo.

A imagem abaixo é um desses exemplos: o cachorro de um cliente comeu o cartão de crédito. Ao enviar um novo cartão para o cliente (algo que a marca já faria), houve um diferencial: uma carta escrita a mão e um brinquedo para o cão. O brinquedo é roxo, claro. A cor do Nubank!

 

Um case de marketing humanizado do Nubank | Fonte: aaainovacao

 

Esse tipo de ação não vai funcionar para todos os clientes. Mas você pode estabelecer uma meta de alguns poucos casos por mês, por exemplo. Assim além de fidelizar aquele cliente específico, sua marca ainda conta com o poder das redes sociais.

Quem sabe seu case viraliza e acaba atingindo milhares de pessoas? O investimento pequeno pode resultar em uma ação de marketing humanizado!

Por fim, vale dizer que não existe uma fórmula secreta para o marketing humanizado. Você pode trazer muitas inovações e ser criativo. O importante é sempre priorizar seu cliente e fazer com que ele se sinta único.

 

Fonte 1 | 2 | 3

 

Quer saber sobre o mundo dos negócios?

Então siga o WorkStars nas redes sociais Twitter | LinkedIn | Instagram | Youtube | B2B para Startups

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também