Empreendedor deveria fazer - Pixabay

A pergunta que todo empreendedor deveria fazer | Por André Filipe

Empreendedor deveria fazer: Quanto você compartilha? Não, não estou falando de listas bizarras do Buzzfeed ou 9gag no Facebook.

A pergunta é: quanto do que você sabe, que realmente tem valor, você compartilha? Tenho me feito essa pergunta ultimamente.

Me considero autodidata e para qualquer assunto existe material na internet.

Tutoriais, ebooks, posts, enfim. Lemos sobre Lean Startup, sobre o Business Model Canvas, como conseguir mais clientes, como aumentar o ticket médio, como aumentar as visitas orgânicas da sua landing page.

Encontrei a resposta para todas minhas perguntas na internet. Graças ao esforço coletivo de milhares de empreendedores, que se dedicaram a compartilhar suas experiências.

Quando decidi criar minha empresa eu mal sabia o que era uma startup. Tinha uma ideia e não sabia nem por onde começar.

Foi lendo experiências de outras pessoas que pude dar os primeiros passos.

“Como transformar uma ideia em negócio”, “Como arrumar programador?”, “Como conseguir dinheiro para começar?”.

E para absolutamente toda dúvida que tive, eu encontrei respostas e pontos de vista variados que me ajudaram a sair da inércia.

Mas a maioria do material para startups que existe está publicada em inglês. Adoro ler a sabedoria comprovada do “Vale”.

Só que quando tentava aplicar o que li lá fora, aqui no nosso Brasilzão, senti um cheirinho estranho no ar.

Afinal, eu havia lido sobre equity, stock options, non disclaimer agreements, vesting. E chegou um momento que já estava manjando tudo!

Então, com meus sócios, fomos abrir nossa empresa e nos perguntam qual seria o regime tributário? Simples nacional, lucro presumido, MEI… Esperaí! Regime tributário?

Que $#@! é essa?! Ou então marcávamos uma conversa com um investidor e falávamos de assinar um NDA e eles respondiam: “ha ha ha”. (heheh também dou risada disso hoje).

Ou seja, nem tudo que acontece por lá vale aqui. O Startups Stars por exemplo é uma iniciativa maravilhosa que dá um senso de comunidade e orgulho para as startups brasileiras.

Mas poderíamos ter muito mais conteúdo rodando no brasil. Tá cheio de startup brasileira por aí que conseguiu vencer as barreiras brasileiras e se tornar um exemplo para todos nós.

Esse é o motivo da minha pergunta lá no começo: qual conhecimento você adquiriu, que pode ajudar a NOSSA comunidade de startups?

Também não vale aquele material que tem cheiro de “Content Marketing”. Que o cara escreve um conteúdo raso simplesmente pra garantir o checklist da estratégia de divulgação da startup dele.

Mas o motivo deste post não é criticar. É um post de agradecimento. Não fossem todas as pessoas que vieram antes de nós e compartilharam seus sucessos e dificuldades, nós estaríamos no escuro.

Aprendi muito com estas pessoas e isso me inspirou a compartilhar as experiências que tivemos no primeiro ano de formação da Badabum.

Para isso criamos uma série semanal de posts chamada: Da ideia ao lançamento, a saga.

Não temos a pretensão de criar um “caminho para o sucesso” pois não acreditamos nisso. Mas gostaríamos de compartilhar o que funcionou e não funcionou pra gente, de maneira honesta e sem romantismo.

Na esperança disso ser útil para alguém.

Gostaria de convidar você, a compartilhar o que aprendeu também. Porque depois de lançar nossa startup eu tô louco pra saber como fazer ela bombar!

Quer saber mais dicas sobre o mundo dos negócios?
Então siga o WorkStars nas redes sociais LinkdIn | Instagram | Youtube | B2B para Startups

Sobre o Convidado

André Filipe Barro

Trabalhou como criativo publicitário em grandes agências de São Paulo, Barcelona e Londres. Durante 10 anos criou para marcas internacionais como Nike, HP, Renault e Stella Artois.

Sempre focado no mundo digital, decidiu deixar a carreira de publicitário de lado para abrir sua empresa, a Badabum.

Através dela, ele quer democratizar e facilitar a criação de sites para todas as micro e pequenas empresas do Brasil.

 

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

O que é permuta?

Permuta é o ato de troca de um bem por outro, sem a necessidade de