Pix na recorrência / Tech Daily

Pix na recorrência e as vantagens para sua empresa

A facilidade do pagamento e recebimento via pix já se tornou parte de nós. De acordo com dados da FEBRABAN, 30% dos pagamentos e transferências no país são feitos por meio dele, mesmo tendo sido lançado oficialmente há pouco menos de um ano. Tornando-se uma revolução nos meios de pagamento, Pessoas físicas foram as primeiras a aderir e aprovar o novo meio de pagamento.

Os benefícios presentes dentro desse meio de pagamento, também foram percebidos pelas empresas. Adotando o método em suas transações de pagamentos e vendas no e-commerce, o Pix também é uma boa forma de cobrar seus clientes de forma recorrente. Entenda como funciona e conheça as vantagens.

Mas o que são cobranças recorrentes? 

A cobrança recorrente é uma consequência de serviços disponibilizados que geram mensalidades semelhantes aos planos por assinatura. Além disso, podem ser feitos em outro dois modelos como planos ou mensalidades.

Segundo uma pesquisa realizada pela Betalabs, o mercado de assinaturas é um mercado em expansão, que movimentou em 2019 quase 1 bilhão de reais e que teve crescimento acima de 10% em 2020. Atualmente, o mercado possui uma enxurrada de serviços disponibilizados via recorrência. As plataformas de streaming como Netflix e Deezer, são um exemplo desse meio.

A comodidade segue sendo um grande benefício para os clientes. Já para as empresas há o benefício de poder contar com um fluxo de caixa mais previsível. Até então, dentro da recorrência, haviam 3 meios de pagamento para realizar as cobranças:

  • Cartão de crédito;
  • Boleto bancário;
  • Débito automático.

Porém, com a chegada do Pix, surgiu uma nova forma de cobrança recorrente, somando todos os benefícios deste meio de pagamento.

Vantagens que o uso do Pix oferece em cobranças recorrentes da sua empresa

As principais vantagens são: agilidade, conveniência, praticidade, segurança e taxas reduzidas. Para as fintechs, como a iugu, por exemplo, as taxas ficam em torno de 0,99% (cerca de 0,5% mais baixa do que as praticadas pelos grandes bancos) e bem menores com relação a outros meios de pagamento.

A facilidade em cobranças recorrentes existe tanto para o cliente como para quem o recebe, pois o pagamento é liberado instantaneamente. Por outro lado, outras formas de pagamento, como boleto e cartão de crédito, existe um tempo de análise e compensação. Outro aspecto importante do Pix na recorrência é a automatização. Além disso, com o sucesso do Pix, a tendência é que cada vez menos as pessoas utilizem o boleto bancário para realizar esse tipo de pagamento.

Pix na recorrência e plataformas de pagamento

Para empresas, a melhor forma de utilizar o Pix na recorrência é através do chamado QR Code Dinâmico, que é utilizado para uma transação específica e traz informações daquele pagamento, como dados do produto e do recebedor, funcionando como uma cobrança mais formal.

Mas, imagine seu negócio tendo que emitir e enviar QR Codes para todos os seus clientes. Isso resultaria num grande transtorno, além de ser um processo cansativo. Além disso, existe o risco de uma grande perda de dados.

Pensando nisso, plataformas de pagamento como a nossa parceira iugu, já oferecem facilidades para que seus clientes ofereçam o Pix como opção de pagamento, de forma segura e automatizada, também para as cobranças recorrentes. 

** A Iugu auxilia você a automatizar os processos financeiros através de uma tecnologia inteligente desde a implementação até a gestão dos recebimentos.

Link para o ebook completo sobre: https://bit.ly/2Z4AxxX

Conheça a Iuguhttps://www.iugu.com/

Fonte 1

Quer saber mais dicas sobre o mundo dos negócios?
Então siga o WorkStars nas redes sociais LinkdIn | Instagram | Youtube | B2B para Startups

 

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também