Tech NewsTodos os Posts

Tesla Phone Pi: o futuro dos smartphones chega em 2022

Você já ouviu falar no Tesla Phone Pi? Provavelmente não. Mas nos próximos anos esse nome será sinônimo de tecnologia para smartphones.

Elon Musk revolucionou o mercado de automóveis quando criou a Tesla em 2003. Desde então houve muita novidade para o universo da tecnologia.

Em 2021, a marca lançou um carro que dirige sozinho e faz de 0 a 100 km/h em menos de 2 segundos. No Brasil existem 80 Teslas emplacados, mas com motoristas. Isso porquê o sistema de GPS do carro ainda não está adaptado ao cenário brasileiro.

Além disso, a marca automotiva Tesla também trabalha com armazenamento de energia. A empresa de Musk desenvolve, produz e vende automóveis elétricos, além de componentes para motores de veículos elétricos e produtos à base de baterias.

Em 2020, o próprio Elon Musk chegou comentar que a Neuralink seria o futuro, e que smartwatchs e smartphones eram “tecnologia do passado”. Como publicamos aqui no Workstars, Elon Musk anunciou que planeja implantar chips cerebrais em humanos. O que será que vem por aí?

Mas os planos a curto prazo nos trazem para uma realidade ainda mais próxima. Quando se fala em produtos que utilizam bateria, pensamos em smartphones. Atualmente esse é o aparelho mais utilizado pelos brasileiros.

Hoje em dia, o Brasil tem aproximadamente 109 milhões de usuários de smartphones, o que corresponde a mais da metade da população. Ou seja, esse número nos deixa em quinto lugar no ranking global com maior número de usuários desses aparelhos celulares.

A nível de curiosidade, os primeiros da lista são: Indonésia, Estados Unidos, Índia e China. No entanto, a maior proporção de celulares para número de habitantes fica com os Estados Unidos. Lá 86% da população (ou 270 milhões de pessoas) têm acesso a smartphones.

O mercado de smartphones está mudando e se adaptando. Em abril de 2021, a sul-coreana Samsung ultrapassou a Apple em número de smartphones vendidos. Pouco tempo depois, em julho, a chinesa Xiaomi, que ocupava o terceiro lugar na lista, ultrapassou a Apple. Será que em 2022, o Tesla Phone Pi vai alcançar os líderes do mercado?

 

Tesla Phone Pi

Inicialmente, o Tesla Phone Pi tem propostas muito interessantes. A ideia é que o smartphone seja carregado por energia solar. Essa é um anúncio bastante relevante quando se trata de sustentabilidade. Além disso, possui baterias podem durar cinco vezes mais do que os melhores aparelhos da concorrência.

De acordo com os rumores dos sites de tecnologia, a câmera principal do aparelho terá 108MP e a tela terá visualização em 4K.

Se você gostou de saber que o aparelho tem recarga solar, olha só que incrível! O Tesla Phone Pi terá apoio de 5G e a conexão com o carro. Além disso, o smartphone vai minerar Bitcoins e criptomoedas, e a conexão direta com a rede de satélites da Starlink e com a Neuralink. Isso significa que o Tesla Phone Pi não precisará de uma operadora de telefonia externa, como por exemplo, Tim, Oi, Vivo e outras.

 

LEIA MAIS: Troca anônima de criptomoedas
LEIA MAIS: Garota de 14 anos inventa solução para pontos cegos nos carros

 

A SpaceX já lançou 1.740 satélites de internet da Starlink e planeja colocar mais 12 mil em órbita nos próximos cinco anos. A Starlink é rede de satélites que cria uma rede de internet mais rápida que se conecta com carros e outros devices sem perder a conexão.

Hoje em dia, a “operadora” já conta 145 mil usuários em 25 países. Esse é um diferencial que nenhuma outra marca tem. Nem a Apple, nem a Samsung, ou Xiaomi tem possuem infraestrutura de rede móvel.

O lançamento é tão futurístico que o Tesla Phone Pi pode funcionar até mesmo… Em Marte! Esse é um diferencial digno de ficção científica! Mas nas mãos de Elon Musk, nada é impossível.

Todas essas funções chegam dentro de um design agradável aos consumidores. Elon Musk contratou Antonio De Rosa, antigo designer da Apple que projetou vários modelos de iPhone.

Por fim, vamos à pergunta que não quer calar:

 

Quanto custa um Tesla Phone Pi?

Inicialmente a expectativa é que o aparelho seja lançado ainda em 2022, com valores entre $800 e $1200. O valor está bem abaixo dos lançamentos dos líderes do mercado como a Apple, por exemplo.

A nível de comparação, o IPhone 13 foi lançado em 2021 com os seguintes preços: IPhone Mini $699 e comum $799. No entanto, as opções Pro e Pro Max são bem mais caras. Lembrando que o IPhone está longe de ter tecnologias como operadora telefônica própria ou carregamento solar, por exemplo.

No entanto os valores são apenas especulativos e nada foi confirmado. Ainda assim, podemos esperar novidades quentes chegando em 2022. É possível que esse lançamento mude a maneira como o mercado pensa em smartphones. A proposta é trazer opções mais ecológicas, práticas e financeiramente mais atraentes.

 

Nota WorkStars: As informações acima são baseadas em rumores do mercado.

 

Quer saber mais dicas sobre o mundo dos negócios e do marketing?
Então siga o WorkStars no Instagram!

Texto de Gabriela Leão
LinkedIn | Instagram | Saiba Mais

Fonte 1 | Fonte 2 | Fonte 3

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *